A IBM com o Watson na medicina – Uma revolução na inteligência artificial

ibm watson medicina

A IBM com o Watson na medicina – Uma

revolução na inteligência artificial

A tecnologia vem se desenvolvendo cada vez mais e seus beneficios são sempre surpreendentes. A novidade de agora está relacionada com o supercomputador Watson da IBM que pode revolucionar a medicina.

A tecnologia integrada com as diversas aplicações e necessidades humanas podem trazer grandes benefícios à sociedade. Seguindo esta linha de raciocínio a IBM está desenvolvendo um supercomputador com inteligência artificial que mudará o nosso atual conceito de medicina.

Esta ferramenta se mostrou muito eficiente em alguns testes prévios realizados e fornece esperanças de um novo mundo.  Assim a inteligência artificial, ao invés de ser maligna e destrutiva como nos filmes de ficção, poderá auxiliar os médicos a salvarem incontáveis vidas.

Todo este projeto ainda esta em desenvolvimento e o supercomputador Watson está longe da sua versão final. Mas em pouco tempo sua inteligência pode ir além até o ponto de ser tornar completamente operável em larga escala.

O supercomputador Watson da IBM

O supercomputador com inteligência artificial apresentou resultados muito interessantes em seus testes prévios. A máquina já foi capaz de vencer humanos em disputas de perguntas e respostas e agora o seu foco é a medicina.

Na medicina o Watson poderá auxiliar os médicos nos diagnósticos dos pacientes. Isso com auxilio da sua inteligência artificial que poderá comparar os diferentes resultados de exames médico e histórico do paciente.

Com todas estas informações na base de dados deste supercomputador ele será capaz de perceber a anomalia médica de forma precisa e indicar o diagnóstico para que a equipe médica tome as devidas providências.

Atuando em conjunto com os médicos, o Watson pode fornecer dados e teorias a cerca das condições de saúde do paciente. Tudo isso sem deixar nenhuma informação importante passar em branco na hora do diagnóstico.

A parceria Watson e medicina

Para o supercomputador funcionar da maneira mais adequada e proveitosa é essencial ter a cooperação da equipe médica. Isso porque o computador reúne todos os dados médicos prévios do paciente como exames e listas de sintomas sentidos.

Assim o supercomputador pode criar o seu banco de dados e aprender sobre aquele determinado paciente de forma que aponte o que ele realmente tem. É imprescindível que todas as informações sejam claras e nos termos que a inteligência artificial pode de fato compreender.

Sem esta parceria o Watson não pode fazer nada para seus pacientes. Este é um ponto que ainda possui divergências. Alguns médicos afirmam que inserir os dados em um sistema digital de seus pacientes é apenas mais um tipo de burocracia que os afasta da sua atividade principal.

Sem o apoio da equipe médica o supercomputador da IBM não passa de apenas um mero amontoado de metal sem nenhuma utilidade. Desta forma é essencial que os médicos comprem a causa e forneçam a nova tecnologia todo o apoio que ela precisa para se alavancar em seu intento.

O supercomputador Watson da IBM pode ser a chave para o avanço da medicina no mundo todo. O que você acha desta tecnologia artificial em prol da saúde? Deixe seu comentário.