Consultório odontologico? Veja as vantagens e desvantagens

consultório odontológico

Montar um consultório odontológico

Quando o momento da formatura chega, muitas dúvidas surgem na cabeça do futuro dentista. E uma das maiores — se não a maior — é em relação ao seu local de trabalho. Enquanto uns preferem abrir seu próprio empreendimento, outros optam por prestar seus serviços em um lugar que ofereça esse espaço.

Ambas as alternativas têm vantagens e desvantagens, e o ideal é conhecer bem as duas para, então, decidir qual se encaixa melhor em seu perfil profissional. E então: montar ou não um consultório odontológico? Descubra no post de hoje a resposta. Confira!

Vantagens de montar um consultório odontológico

O primeiro passo para o futuro dentista decidir se vai montar ou não um consultório odontológico é conhecer as vantagens de ser dono do próprio negócio e ver se isso atende às suas necessidades do momento.

Entre os grandes benefícios está, logicamente, a autonomia de ser dono do estabelecimento. Isso permite que você decida sobre detalhes que vão desde a parte estética e estrutural até itens essenciais, como o tipo de maquinário e equipamento a ser adquirido.

Você pode definir tudo de acordo com a sua área de trabalho e também voltar o funcionamento para o público-alvo que deseja atender. Vale ressaltar também que aqui você deixa de ser “apenas” um dentista e passa a ser também um empreendedor. Você pode, por exemplo, alugar horários para outros profissionais trabalharem lá e ainda faturar com isso.

Desvantagens de montar um consultório odontológico

O outro lado da moeda também existe e as desvantagens são consideráveis. Montar um consultório odontológico dá muita dor de cabeça e o dentista precisa pensar em vários aspectos.

O primeiro deles é o investimento: não é nada barato fazer isso. Não dá para economizar muito, afinal se você não contar com itens de qualidade certamente perderá clientela. Além disso, é preciso selecionar funcionários, gerenciar as atividades do empreendimento, arcar com os riscos trabalhistas e pagar as despesas: aluguel (se for o caso), água, eletricidade, manutenção, limpeza, etc. Você pode ver o nosso post aqui sobre despesas de um consultório odontolológico

Vale lembrar também que, antes de tudo, é preciso seguir os passos legais: solicitar autorização da vigilância sanitária (e seguir as normas) e ter a licença para funcionamento (apresentando um laudo técnico de avaliação quando for dada entrada ao pedido no município).

Alugar um horário

Vantagens

A alternativa para quem está decidindo se vai ou não montar um consultório é alugar um ou vários horários em um estabelecimento já existente.

A grande vantagem aqui é financeira: você só arca com o valor do aluguel e o proprietário que vai ter que pagar todo o custo necessário para que o estabelecimento funcione. Pode ser interessante começar dessa forma, pois se a clínica já estiver estabelecida e tiver um público perene, você pode se aproveitar dessa credibilidade para conquistar novos pacientes.

Desvantagens

A grande desvantagem é que você será “apenas” mais um profissional trabalhando ali. Quando você partir para o seu próprio estabelecimento, poderá perder grande parte da clientela que está ligada ao local.

Seu poder de decisão também é menor: dificilmente você vai opinar sobre as escolhas de equipamento e até da identidade visual do consultório. Frequentemente você poderá se ver limitado a muitas situações no exercício de sua função e nem conseguirá implementar suas ideias.

Além disso, você também poderá ter problemas para agendar consultas se os outros profissionais do local ocuparem muitos horários.

E então, conseguiu decidir a melhor opção? Observe bem as vantagens e desvantagens e descubra o que é melhor para você!

Se desejar facilitar seu funcionamento e melhorar a experiência dos seus pacientes, não hesite: entre em contato com a nossa empresa e conheça melhor as soluções que temos para lhe oferecer!

Os comentários foram encerrados, mas trackbacks e pingbacks estão abertos.